quarta-feira, 30 de maio de 2018

Peixes-Rei na Plataforma de Pesca Cidreira

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013


 Peixes-Rei na Plataforma de Pesca Cidreira



Os Peixes-Rei são uma espécie muito interessante, tanto no aspecto físico quanto no comportamental. Com a parte de cima da cabeça literalmente transparente, causa estranheza aos pescadores desavisados. Costuma atacar as iscas com voracidade, sem se importar se o pedaço de carne de peixe que está no anzol é de um companheiro pescado anteriormente. Essa característica dos Peixes-Rei, aliada ao fato de nadarem geralmente em cardume, garante pescarias muito produtivas e divertidas.


Outra característica peculiar dos Peixes-Rei está ligada diretamente à pesca dos mesmos: por se tratarem de  peixes consideravelmente frágeis, no sentido de resistência à ação da pesca – mas não pouco valentes ou fracos quando fisgados, pois, ao contrário, possuem uma força incrível – dificilmente os exemplares sobreviverão caso sejam liberados após a captura. Portanto, como a reprodução é eficiente, mais vale se divertir na pescaria e posteriormente degustar a carne dos Peixes-Rei – que é muito saborosa, por sinal – do que simplesmente perder o peixe e todo o potencial culinário que representa.
Pescaria de Reis no T da Plataforma de Cidreira em agosto de 2018



Como isca para pescar os Peixes-Rei é ideal usar pedacinhos de peixe  envolto em farinha. Isso porque os Peixes-Rei são  tipo de peixes canibais, são predadores. Os Peixes-Rei quando atacam as iscas  puxam-na para cima, portanto quando estiver pescando você precisa fazer o caminho inverso daquele que os peixes fazem, você deve puxar para baixo para cansá-los. Como os Peixes-Rei são muito frágeis. Se você segurá-los contra a luz verá que  ficam transparentes. Não adianta jogá-los de volta na água, porque é certeza que  morrerão. Se você pescar Peixes-Rei, leve-os para casa para o consumo.

Os cardumes se concentram em volta da isca, fica muito fácil de pescar, eles se juntam e abocanham a isca. Ele é um peixe normalmente menor, mas também é possível pescar grandes.É indicado que você faça um chicotinho,ou comprar um rabicho especial para pescá-los que podem ser adquirido nos bares da Plataforma de Cidreira.Conforme o dia pode se usar anzóis sem iscas,pois apenas o brilho basta para atrai-los

São peixes que nadam de maneira extremamente veloz Esses peixes possuem uma coloração azulada muito clara o que  os faz um bocado transparente especialmente na região do abdome, revestido por escamas de espessura muito fina. Suas nadadeiras posicionadas no peitoral são muito longas e eficientes, o que faz deles  peixes muito ágeis e rápidos. Eles possuem também curiosas nadadeiras anais, com espinhos.Alimentam-se de pequenos moluscos e plânctons que habitam o fundo
Peixes Reis 


Hoje os Peixes-Rei estão entre as espécies mais pescadas na Plataforma de Cidreira.Mas nem sempre foi assim. Nos primeiros tempos eles não encostavam. Através de um trabalho de persistência da tripulação da Plataforma,conseguiu-se atraí-los para a beira do píer. Em 1986 foi implantado um programa
de atratores. Por sugestão do empresário Fausto Borba Prates, inicialmente cravou-se várias estacas de eucalipto no mar com a intenção de atrair mexilhões, ajudando aos que já estavam se fixando nos primeiros pilares. Esta experiência logo foi abandonada,pois as estacas de eucalipto não resistiam à erosão e à força contínua das correntes marítimas. Iniciou-se, então, um projeto de ilhas para a fixação de microrganismos, alimentos preferidos dos Peixes-Rei. Seguiu-se depois um trabalho de ceva, colocando-se num saco permeável tatuíras, mariscos e maçambiques moídos, que era lançado ao mar, amarrado por uma corda.Posteriormente foi fechado um contrato com uma indústria pesqueira de Rio Grande para a compra de farinha de camarão. Recebíamos    mensalmente caminhões do produto e o colocávamos em porções diárias no processo de ceva. Aos poucos os Peixes-Rei foram se aquerenciando, até o ponto de chegarem ao píer cardumes imensos.Este trabalho foi feito até constatarmos que a memória dos Peixes-Rei os trazia  regularmente ao nosso píer, tornando possível a sua pesca.

 Pesca de Peixes-Rei na Plataforma de Pesca Cidreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário