quarta-feira, 20 de junho de 2018

Novidade: Sardinhas na Plata

Novidade: Sardinhas na Plata



No dia 19 de junho 2018, a Terça Feira começou pacata e com muita serração. Mas, conforme o Sol foi aparecendo os 



pescadores foram chegando entre os Lava-Peixes e a câmera, pois os Papa-Terras começaram a sair neste trecho em vez de perto da Ilha como tinham saído nos últimos dias. Os 



pescadores que ficaram nas proximidades da Ilha do Amor ficaram felizes com muitos Peixes Rei de bom tamanho. Que trocaram de lugar, pois semana passada saíram no T.


Já quase no fim da tarde começaram sair Pescadas Grandes no lugar de sempre – ao lado dos Lava-Peixes. E, na Ilha uma pescadora encheu um balde de Sardinhas (foto) intercaladas com os Reis.


Diego se deu bem







Diego se deu bem. Ele adquiriu um Passaporte na sexta-feira 15 de junho. E sábado saiu de São Leopoldo para fazer a sua primeira pescaria na Plataforma de Cidreira.

Eis o resultado de sua pescaria:
















 



quinta-feira, 14 de junho de 2018

O Aumento da Piscosidade na Plataforma de Cidreira




O Aumento da Piscosidade na Plataforma de Cidreira



Sr.José Maia Neto pescador com 83 anos  assíduo da Plataforma de Cidreira







No inicio da Plataforma os principais peixes pescados eram os Papa-Terras. Até ai nada diferente, pois são os peixes que pescamos em toda a costa/praia gaucha.


 Conforme a Plataforma ia avançando mar a adentro novas espécies começaram a serem pescadas- Peixes de maiores profundidades. Assim vieram os Pampos, os Bagres, As Corvinas, Peixes Anjos Arraias,Borriquetes,Miraguaias. Cações etc.

 Quando construímos o T, no verão encostam os Caçonetes Martelos. Nas colunas formaram-se Habitats de Cocorocas. E de Abroteas.



 Na última década surgiram os Peixes-Rei. No inicio de forma acanhada e de pequenos tamanhos. Os pescadores se encantaram pois não precisavam de iscas ,como fazem na ponte de Imbé/Tramandai.Posteriormente vieram os rabichos lig-lig .E finalmente apareceram os de grande tamanho. Hoje é  o peixe que rivaliza com o Papa-Terra em quantidade de peças produzidas. Na caçada dos Reis vem os Peixes Espada.


 Nos últimos 5 anos, atrás dos Reis, começaram as Enchovas e depois as Pescadas .No inicio timidamente .Porem há dois anos encostam grandes cardumes, em torno dos Lava Peixes de cima em busca de descartes de pesca ,pois são peixes carnívoros  vorazes. Hoje a Pescada é o terceiro peixe mais pescado na Plataforma.







Ao lado da Plataforma tem um Recife chamado Ilha do Amor .É um formador natural de Cracas, plânctons e algas ,onde habitam Mexilhões,Caranguejos,Siris principalmente os com um braço mais gordo chamados pelos pescadores de Dartagnans -por causa dos Três Mosqueteiros – Ali encostam as Tainhas em


busca de alimentos e proteção .E neste ano houve uma abundancia ,nas imediações, deste gostoso Peixe .
   A História não para por ai .Quais serão os novos  peixes que irão  chegar na Plataforma ?

Plataforma de Cidreira clique aqui


quarta-feira, 13 de junho de 2018

Para Iniciantes Primeiro Valo



A Pesca na Plataforma de Cidreira

Para Iniciantes
Primeiro Valo




A Pesca na Plataforma de Cidreira

A pesca é uma das atividades mais antigas que o homem desenvolveu para obter
alimentos.Ainda hoje,tanto industrialmente ou artesanalmente,a pesca é uma das
principais atividades econômicas do mundo.A Pesca industrial tem por objetivo a obtenção de uma grande captura.É feita através de grandes navios e requer uma infraestrutura portuária adequada para o desembarque e distribuição dos peixes.Já a pesca artesanal utiliza técnicas tradicionais,sem desenvolvimento tecnológico.Normalmente para consumo próprio,embora uma pequena parte da pesca pode ser usada para a comercialização.
Existe também a pesca Amadora A pesca amadora esportiva leva muitos pescadores mundo afora..E a pesca amadora de lazer que é praticada na Plataforma de Pesca de Cidreira,que movimenta o turismo alavanca a economia de Cidreira e atrai muita gente a morar na Cidade .


Pescar é Pesquisar

A  palavra Pesquisa tem muito a ver com  Pesca . O pescador é um eterno pesquisador,sempre procurando um melhor  lugar na Plataforma para jogar os seus anzóis.Quando foi iniciada a Plataforma de Cidreira foi sugerido que se vendesse lugares numerados ,fixos  e exclusivos para a pescaria. Imagine a frustração que teriam os pescadores,hoje, lançando nem sempre onde estão os peixes.

Como achar o melhor lugar para lançar

Quando eu pescava na beira da Praia  nunca me entrava na cabeça localizar os Valos.Depois quando na Plataforma deu para entender melhor.Pois é mais fácil de ver  quando as ondas ,ao chegar no início do valo, “tombam” formando um rio e no fim “transbordam” formando uma espuma.

Ao longo da Plataforma existem dois valos principais.Suas localizações são da praia para o mar alto .Nunca no mesmo lugar,ora mais para cima ora mais para baixo.O primeiro valo fica nas imediações da Ilha do Amor e o primeiro Lava-peixes.O segundo valo começa dos Banheiros e o Bar de cima, em sentido a praia.
Escolhendo o valo para pescar,voce deve pesquisar se vai lançar para o Norte ou para o Sul.Se o vento está de  Nordeste deve lançar contra, ou seja para o Norte. Se o vento está de Sul deve lançar Norte-sul..Com outros ventos ou sem vento voce, deve observar a correnteza e lançar contra a corrente.
Há também a escolha da melhor margem do valo. Na parte mais próxima da praia tem a espuma que é propicia ,por exemplo,para a pesca dos Papas.Na margem mais longe da praia fica o Tombo também chamada de Rebentação.Entre os peixes que podem ser pescados ali estão os Bagres,claro,quando estiverem encostando.