Varas e Caniços para pescar na Plataforma de Cidreira- Limpeza

Varas e Caniços para pescar na Plataforma de Cidreira

O que exatamente é uma vara de pescar? É um instrumento com alça, eixo e assento do molinete ou carretilha, que conecta um molinete ou carretilha e uma linha com o objetivo de fazer uma apresentação controlada de isca . Um elemento intrínseco em todas as formas de pesca esportiva, uma vara de pescar é essencial para lançar, recuperar, detectar, colocar o anzol e jogar o peixe.

Durante muito tempo, os adeptos da pesca utilizaram (e ainda utilizam) o bambu e outras varas naturais como caniços de pesca.

Ao entrar o século XX,  ainda predominavam as varas de bambu, ao natural ou industrializadas. Varas artificiais, como as de tubo de aço e de outros materiais então conhecidos, não conseguiram firmar-se no mercado, tendo vida efêmera.
A grande revolução teve início em fins da década de 30 com a fibra de vidro e o surgimento nos anos 40, das primeiras varas de fibra de vidro tubular.

Com o desenvolvimento tecnológico da indústria química chegou-se, para melhorar ainda mais as qualidades das varas, a tubos de grafite de carbono e boron, ao mesmo tempo em que a fibra de vidro também melhorava, tornando-se o tubo mais leve e resistente.

Varas para pescar na Plataforma de Cidreira




A plataforma é projetada para que o pescador tenha uma posição privilegiada, o que nem sempre torna necessário um longo arremesso para se ter sucesso nas capturas. A estrutura aproxima o pescador de pontos distantes, que você não alcançaria sem ela. Ou seja, seu arremesso pode e deve ser curto. A respeito, a estrutura esteja construída sobre pelo menos dois canais.


Outro detalhe que torna os arremessos longos desnecessários é o acúmulo de organismos vivos que se agregam à estrutura da plataforma, tornando as colunas uma ceva natural, transformando este elemento artificial em um ambiente rico para uma alimentação dos peixes.


Então esqueça as varas longas usadas na praia ou costeira, aliás arremessar por cima da cabeça é proibido por motivo de segurança, pois podemos engatar um anzol ou acertar o peso em alguns transeuntes quando procedemos o lançamento desse modo. Use caniços de 1,80 a 2,40m para arremessar por baixo, em direção dos canais ou das colunas onde há uma variedade de alimentos para os peixes se concentrarem.


Limpeza de cabos de cortiça de Varas e Caniços

Uma das melhores maneiras de deixar os cabos de cortiça das varas sempre limpos é usar uma esponja dupla face com sabão neutro. Existem outros métodos como pasta de dente, lixa d'água fina, palha de aço, entre outros, mas todos são muito abrasivos e provocam desgastes na cortiça diminuindo a sua vida útil.

Na verdade, o próprio uso causa um desgaste na cortiça com o atrito abrasivo das mãos. Além disso, impermeabilizá-la com verniz ou outros produtos equivalentes causam um problema maior porque prejudica a aderência à mão do pescador, ou falta de firmeza , fazendo com que escape durante o arremesso ou em uma briga com o peixe.

Limpeza com Esponja

A esponja, sem dúvida, é a melhor alternativa por sua baixa abrasão e forte poder de limpeza. Use o lado verde com água e sabão neutro para eliminar a sujeira indesejável e tenha sempre suas varas com cabo de cortiça como saiu da loja.

Ermud Tramf 7-2-2020




cabodecortica2
Limpeza com Borracha
*Uma outra maneira bastante simples de fazer a limpeza de vara que tem os cabos de cortiça é usar uma borracha para a tarefa.

Comece a “apagar” as manchas passando a borracha com força em espaços curtos. Rapidamente você perceberá a diferença.
Aos poucos faça o movimento descrito anteriormente em todo o cabo até obter o resultado desejado.
Faça essa manutenção sempre que desejar. É simples, rápida, barata e você não corre o risco.

Site : Coisa de Pescador

Veja mais em:

Vantagens de Pescar na Plataforma de Cidreira

Comentários